O Pecado da Carne

É verdade que a carne é boa.
É verdade que a carne é fraca.
É a verdade que a amaldiçoa.
Vende a sua alma em Lisboa
e vende o corpo a quem lá passa.

É já tarde e amanhece.
É já tarde e é de dia.
Regressa a casa e adormece
e no seu sono até se esquece
de quão má foi a companhia.

A almofada colada ao peito
de menina/mulher abandonada.
Abraça a almofada daquele jeito,
tal como se nunca o tivesse feito,
na necessidade de se sentir amada.

Por 20 euros obtém-se na rua
a carne mais tenra da nossa praça.

1 comentário:

taniacpl disse...

demais :)

p.s.: só por 20€ ??